O Canadá foi o primeiro país a proibir a comercialização dos andarilhos para bebés, por ser considerado um ‘acessório’ ou ‘brinquedo’ muito perigoso às crianças em idade de gatinhar. A União Européia agora passar exigir maior rigor no fabrico dos andarilhos, destacando a importancia dos pais estarem atentos as crianças, bem como que os andarilhos sejam acompanhados de folhetos de instrucções para os pesos e idades recomendados, advertindo ainda para as consequências de uma má utilização dos brinquedos. As estátisticas apontam um grande número de acidentes entre crianças de 7 a 15 meses de vida, com lesões na cabeça, devido ao uso dos andarilhos. Por isso esteja atenta e pense se vale a pena correr certos riscos, já que os andarilhos não  são aconselhados para aprender a andar.

Fonte: JN – SAPO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here