Muitas mães leitoras do Blogdacrianca nos escrevem a pedir opinião sobre como lidar com as mentiras que seus filhos contam, elas ficam ansiosas por não saberem lidar com isto e principalmente por não saberem como solucionar este problema. Antes de mais é preciso saber que as crianças adoram inventar história e tem a imaginação bastante  fértil. Mas o problema é quando essa imaginação vira mentira prejudicial. Então é bom você tomar cuidado para que o seu filho saiba a diferença entre a verdade e a mentira e que as histórias inventadas geralmente ‘cabem’ em contos de fadas, desenhos animados, tem hora e local certo; e não podem ser ditas sempre como se fossem verdadeiras.

É muito normal as crianças entrarem nesse mundo de contos de fadas e gostarem de brincar de inventar personagens e situações. Isso é muito natural e saudável, faz parte da infância dele, mas o problema surge quando ele fica preso no mundo da imaginação e não consegue mais distinguir o que é verdade do que é o mundo da fantasia. E é aí que você entra e precisa colocar um ‘ freio’ nele e ensinar o que é mentira e o que é verdade, e que a verdade sempre deve dar lugar a imaginação.

não-minta
Dê bons exemplos ao seus filhos!

O problema da mentira é quando a criança começa a tornar isto um hábito e faz o uso da mentira para manipular os pais e conseguir aquilo que deseja. Outro fator importante que você tem que prestar atenção é além da freqüência da mentira, é a idade que o seu filho conta a mentira. Tudo isso é muito importante já que você precisa cortar desde os primeiros sinais o hábito da mentira.

Depois de você saber onde, e em que situação o seu filho mente, você precisa demonstrar e ensinar que aquilo é errado e mostrar as conseqüências que a mentira tem. Na maioria das vezes, as crianças mentem porque veem os adultos e até mesmo você mentindo ou fingindo; lembre-se que você é um espelho para o seu filho e ele vai te imitar em todas e qualquer situações.

Mas vá com calma na hora de conversar. Por mais que a mentira seja perigosa e um acto não aconselhável, não adianta ser dura com ele, já que para o seu filho esse mundo da fantasia é normal e até mesmo aceitável, ou até porque ele presencia alguém da família a contar uma mentira ‘inocente’. É este um dos pontos mais importantes! Não mentir para ele e tão pouco mentir para outras pessoas na presença dele.

A conversa calma e paciente é o melhor caminho. Você deve explicar-lhe que há horas para brincadeiras e imaginação e há horas onde precisa falar a verdade.

Você também precisa deixar claro que a mentira é algo muito ruim e que pode machucar as pessoas.  Se depois de tudo isso a mentira ainda persistir, você aí sim deve ser mais dura com ele ou até mesmo procurar um auxílio psicológico para ver o porquê desta compulsão pela mentira.

38 COMENTÁRIOS

  1. Ola , tenho uma filha de 12 anos sempre foi dedicada com os estudos sempre mostrou ter responsabilidade com tudo, tranquila, , carinhosa , compreensiva , Eu e meu marido sempre tivemos muito dialogo com ela , somos uma famila muito unida .Ultimamente depois que comecou com uma amiza de na escolar comecou a mentir, sobre os estudos, comecou a responder para mim e meu marido, comecou a tirar notas baixas , e so quer ficar no ipod falando com esta colega que nao quer nada com os estudos , responde aos professors.

  2. Bom dia,

    tenho uma filha de 12 anos e sou pai e mãe ao mesmo tempo. A minha filha sempre foi uma menina doce, sorridente, estudiosa e inteligente; uma criança que consegue conquistar a todos com muita facilidade até as pessoas mais duronas ela consegue quebrar pelo seu sorrisso e simpatia. Mas, infelizmente de meados do ano passado para cá ela deu para mentir e fazer coisas muito errradas como mexer nas coisas dos outros escondido. A 1ª vez ela chegou em casa c/ um celuar dizendo que hacia achado na rua, com desconfiei e apertei ela acabou confessan do que havia pego da explicadora.Só que a confissão não foi tão fácil ela chorou muito dizendo que não era ladra e que realmente havia achado só sobre a ameaça de apahaar ela acabou confessando; na mesma hora levei-a a casa da explicadora e a fiz devolver o aparelho e pedir-lhe desculpas. O aparelho que ela pegou era inferior ao modelo que ela já possuia. Sentei com ela e conversei expliquei que aquilo era muito errado e o porque dei castigo tirando tudo que ela gosta. O tempo passou e 1 ano depois ela invetou que foi assaltada e haviam levado o seu celular; foi capaz de chegar no colégio chorando muito a ponto deficarem tão preocupados que ligaram até para minha mãe (avó) para ir apanhá-la no colégio , mas como a suas atitudes pós assalto estava muito tranquila eudesconfiei e a apertei e novamente ela chorou muito e negou enquanto pode até confessar alegando que fez isso poruq queria um celular mais moderno eque pensou que com a história do assalto eu poderia ficar com pena dela e msmo sem poder faria um sacrifício e lhe daria um novo bem mais ,moderno. Mais uma vez não bati , penas conversei seriamente e lhe disse que teria uma última chance, caso ela voltasse a aprontar novamente a colocaria num colégio interno e ainda a deixei 2 meses sem celular. Essa semana para minha surpresa ela apreceu com uma caixa de lápis de cor nova e qunado a questionei aoende ela consegui me contou uma mentira em cima da outra até chegar a verdade quefoi ter pego dinhiro da minha mãe escondido; fiquei decepcionadissima me perguntando onde errei.Crio essa menin sempre com muito diálogo, mostrando o que é certo e errado dando exemplos de tudo, enfim não entendo o que a levou a fazer isso. Desta última vez ela alegou que as colegas da escola sempre estão com dilheiro para o lanche e eu nunca posso dar e que eal acha que só assim poderá ser aceita pelas colegas; expliquei-lhe que ela precisa entednder que as pessoas irão gostar dela pelo que eal é e não pleo bem material que ela possa ter.Acho que eal está com complexo de inferioridade; mas e se não for isso se ela estiver inventando sees motivo, a verdade é que não sei mais o que fazer não quero perder a minha filha para o um munodo perdido, quero poder ter muito orvulhodela um dia e não sentir vergonha como estou sentimdo agora. O que devo fazer procurar ajuda de um psicólogo ou interná-la como havia prometido da outra vez? Por favor me de uma orientação, nunca pensei que iria ficar tão perdida com relação a educação de minha filha, parece que não sei mais quem ela é.

    • Olá Izabel, entendo o que vc sente em relação a sua filha.
      Realmente fica dificil acreditar nela depois de tantas mentiras, como eu sempre exemplifico é a mesma historia do macaco que gritava que a floresta estava a arder em chamas e os animais saiam correndo, e depois se davam conta de que era uma mentira, no dia em que realmente a floresta incendiou e o macaco gritou novamente, ninguem acreditou e todos morreram queimados.

      Eu sugiro que vc a leve em um (ou mais se sentir necessidade) psicologo para que ele possa fazer uma avaliação e tente descobrir pq ela age assim. Complexo de inferioridade? pode ser. Mas sendo ou nao complexo, a vida a ensinará a saber lidar com isso, pq quer a gente queira ou nao, SEMPRE existirão pessoas melhores que nós, mais bonitas, mais ricas, com melhores casas, carros, empregos e etc. E temos de nos conformar com isso, sem transgredir a ética da sociedade para se equiparar a estas pessoas que são melhores ou tem mais do que nós.
      O duro é que sua filha poderá aprender isso a duras penas, e sofrer muito, pq enquanto é vc, que é mãe que descobre as coisas erradas que ela faz, ainda há formas de se corrigir, mas quando ela for maior e for descoberta por outras pessoas a transgredir padroes convencionais de ética, pode ser que o mundo não seja tão compreensivo com ela.

      A sugestão é que vc converse com o psicologo antes de a levar e explique a ele o que vem acontecendo, quem sabe ele tem um proposta que a faça mudar de atitude perante a vida.

  3. tenho uma filha de 8 anos,estou com dificuldades pois ela mente demais,já não acredito em mais nada do que ela fala,ela mente e chega até jurar pela morte do meu marido,tento conversar mais não ta resolvendo,ja dei castigo,ja briguei,ja proibi de fazer certas coisas ,mas nada esta resolvendo,a situação seta insustentavél,se iverem algum conselho de como posso lidar com isso eu agradeço,pois tenho medo de que algo pior aconteça devido as mentiras dela.

    • Cristiane, a minha sugestão é que vc solicite a opinião de um psicólogo.
      Há várias hipóteses, ou ela vê algum fazer isso e acha que isso é certo e acaba por “copiar” a atitude desta pessoa, ou ela faz isso para chamar a atenção, ou algum benefício ela obtém com isso. Analise com quem ela convive, atitudes, o que ela consegue com as mentiras que conta, etc….
      Conte a ela a história do macaquinho que vivia gritando que a floresta estava em chamas para assustar os amigos, e era mentira….ao fim e vendo todos aflitos o macaquinho ria e se divertia em ver os amigos aflitos. No dia em que VERDADEIRAMENTE a floresta incendiou-se e o macaquinho gritou, ninguém acreditou e morreram todos queimados.

      Quem sabe assim sua filha “acorda” para a realidade.
      Esta história me foi contada qdo eu era pequena e nunca mais a esqueci.

  4. Olá! Meu nome é Lorena tenho um filho que esta hoje com 10 anos, sou mãe solteira o pai dele faleceu quando tinha apenas 3 anos, os avós paternos são sempre presentes… Meu filho desde os 5 ou 6 anos vem pegando dinheiro escondido, isso é constante até hoje, as vezes diminui um pouco, mas nunca para, eu já conversei muito (sempre tento conversar muito com ele explicando o que é certo e errado), já coloquei de castigo, até já bati nele, mas não sei mais o que fazer, comecei uma vez levar ele para um acompanhamento com uma psicologa, mas tive que parar por motivos financeiros… Moro com minha mãe, uma irma e uma sobrinha da mesma idade dele, e até delas ele sempre pega escondido, sem falar que ele mente muito, sobre tudo… Sofro muita cobrança da minha mãe, mas sinceramente não sei o que fazer mais, tenho que medo que com essas atitudes ele siga um caminho errado futuramente.

  5. Olá, Bom dia. Bom sou mãe solteira e tenho um filho que vai fazer 6 anos o mês que vem, ele esta mentindo muito pra mim, ele não se comporta na escola, a professora ja me mandou recados e ja conversei com ela sobre isso, ela diz que meu filho não para quieto na cadeira que se levanta o tempo todo, pede várias vezes para ir ao banheiro , não se concentra nas atividades, não conclui as atividades que começa, só pensa em brincar e converçar, ele me diz que é tudo mentira!!!Se alguém me conta algo que ele fez de errado começa a chorar nega , nega…não assumi, msmo eu sempre conversando com ele, ele insiste em esconder as coisas que ele faz de mim, antes ele me contava tudo, agora desde então que passou a mentir ele não me conta mais e ainda fica bravo se eu pergunto….Sinto ele diferente, como se algo estivesse o incomodando mais ele não me conta e mente pra mim, ele obedece a minha mãe quando esta na casa dela daí quando eu chego a minha mãe diz : aí o mtheus ja mudou, ele fica agitado, não quer falar comigi direito, quando pergunto como foi na escola ele diz,…Hj eu não levantei da cadeira, fiz toda a lição…Mais quando leio a agenda a Prof. diz q ele não concluiu as atividades porq ficou brincando….Não sei o q fazer…Ontem converçamos sério, eu falei a respeito das consequências da mentira, daí ele me disse assim: A Prof diz que eu minto mais ela mente….Fiquei assustada ! e perguntei por q ele estava dizendo isso..daí ele disse = No portão da escola a Mãe do Vinicius ( um coleguinha) na hr de ir busca-lo perguntou..Ele se comportou hj? Daí a prf. disse que sim, se comportou, mais ele não tinha se comportado , ele fez Bagunça, e a Proof viu e não contou pra mãe dele. Bom eu conheçoi meu filho e por mais ….fiquei mso em dúvida se ele estava me dizendo a verdade, mais meu coração de mãe ficou apertado, não que a Prof. esteja mentindo com respeito a ele, isso não, sei que meu filho esta com problemas na escola msmo ja percebi que esta msmo com dificuldade, mas talvez nesse fato da mãe do menino q perguntou e tals…Eu não sei o que fazer…A correção e a educação é minha responsabilidade, Preciso de ajuda por- favor!!!Agora além de tudo esta mentindo em casa pra mim….Fiquei q nem louca procurando meu cel. perguntei pra ele várias vezes se ele viu , me dise q não…fui trabalhar sem ele, cheguei do serviço busquei meu filho na casa da minha mãe e quando chegamos em casa procurei novamnte meu cel…Ele até me ajudou a procurar….Daí eu peguei a mochila dele pra olhar, ele falou eu to falando q eu não peguei vc não acredita! Daí abri o bolso da mochila o cel. estava lá….Na hr me calei só o meu olhar de decepção fez com que ele chorasse…depois fui converçar com ele quando ele se acalmou e fui firme > Por q vc fez isso? Ele se eu falasse vc aía me chinga! Mais é errado o q vc fez! ele ficou bravo comigo e tampou sos ouvidos, falando eu to com sono, to com sono…Então eu disse amanhã nós converçamos..então passando alguns minutos ele durmiu…To com Medo e to bem angústiada!!! Preciso de um Conselho o que eu faço…Me sinto uma péssima mãe..Me culpo de mais!

    • Simone, entendo a sua situação. Realmente é muito difícil saber lidar com isso.
      Há várias hipóteses, ou realmente ele está falando a verdade sobre a profª ter mentido sobre o comportamento do outro colega e aí ele observando isso passou a ficar revoltado e esta é uma forma dele se rebelar (embora não seja justificativa), ou ele está fazendo isso para chamar a atenção sobre algo que ele esteja vivenciando internamente.
      Uma hipótese é vc mudar ele de escola (se for possível) e deixar bem claro p/ ele, que vc vai muda-lo de escola mas que se as reclamações continuarem vc não será tão compreensiva como tem sido.

      Vc tem feito certo que é o conversar com ele, porém quem sabe se vc usar a tática da Super Nanny?
      Por ele sentadinho no cantinho da reflexão para ele pensar no que fez é uma das hipóteses, as outras é começar a “cortar” coisas que ele gosta. Não se comportou na escola? Então hoje não tem vídeo game.
      Sem gritos, sem brigas, e sem choros, simples assim.
      Trate-o como se ele fosse já um adulto, com seriedade e diga-lha, como hoje você não se comportou e mentiu para mim sobre o meu celular, então hoje você não vai brincar com o seu amiguinho (por exemplo).
      Ele tem que começar a compreender que além das consequências da mentira, isso pode prejudicar a vida dele e das pessoas que os cercam. Conte a ele a historia do macaquinho que vivia gritando que a floresta estava em chamas e os bichos saiam sempre correndo. No fim o macaquinho dava gargalhadas e dizia…era mentira, era mentira, enganei vcs. No dia em que a floresta
      pegou fogo e o macaquinho gritou que havia incêndio ninguém acreditou nele e todos morreram queimados.
      Esta história ouvi qdo eu era pequena e nunca mais esqueci.
      O que vc conteou sobre o seu celular é muito grave.
      Em último caso eu sugiro que vc leve-o a um psicologo para que ele possa analisar o pq deste comportamento dele.
      Boa sorte, espero ter ajudado.

  6. Tenho um filho de 12 anos. ele está mentindo muito pra mim, no inicio era penas pra nao estudar ou fazer lições, agora ele anda aprontando na escola e nao assume as coisas alem de dizer que foi outra pessoa,, e mesmo eu pressionando ele nao conta a verdade, nao assume as responsabilidades, mas o que mais me preocupa é que alem de mentir ele age naturalmente

  7. Tenho uma filha de 28 anos , mae solteira , qeu sempre mentiu desde os 11 anos , e até hoje o faz , mentiu que fazia pos graduação e encontrava com um rapaz as escondidas , ela começou um namoro com um outro rapaz aí e tb mentiu pra ele nessa questao . falou pra ele que fazia pos graduaçao e acontece que ela estava sem celular e ele precisava do documento dela para comprar um convite da festa da primavera do clube dele . Ligou para a faculdade para falar com ela , e qual a surpresa ao saber que nao existia esse curso … claro , ele terminou com ela , e veio me contar tudo … que faço diante disso?

    • Elisabeth, Já tentou perguntar a sua filha pq ela mente assim?
      Pode ser q ela tenha algum complexo de inferioridade e necessite dizer que faz pos graduaçao para se sentir melhor que os demais. Deve haver alguma explicaçao que ela possa dar sobre isso. Creio que ela ja tem idade suficiente pra que vc tenha uma conversa seria com ela, e diga a ela que isso nao é normal, em ultimo caso sugiro uma consulta a um psicologo que podera avaliar o pq dela ter esta atitude.

  8. boa tarde estou passando com problemas na escola com meu filho de 7 anos e meio ele esta na segunda serie e sempre mente q fez toda lição que nao tem tarefa e aparecendo com lapis e borracha e diz que achou no patio, eu ja conversei coloquei de castigo expliquei que o dono do lapis precisa do lapis da mesma maneira que ele precisa do dele se ele ia gostar se alguem pegasse as coisas dele, ja fui falar com a professora e ela disse que ele nao faz bagunça mas tambem nao faz fiçao. ja passei em psicologo mas parece que nada adiantou nao sei mais o que fazer, me ajude por favor.

  9. Olá,

    Tenho um filho de 11 anos, que de vez em quando, o pego com uma mentirinha do tipo: pergunto se tem lição de casa, e ele diz que não, como já o conheço, dou um jeito de olhar os cadernos dele, e para minha surpresa, sempre tem !
    Ai perguntar para ele, ele diz: se eu dissesse q tinha, a senhora não me deixaria brincar ou ver tv,
    fico brava com ele, converso, explico que a mentira nao conpensa, mando o fazer a lição e depois brincar, é sempre a mesma coisa, o que fazer ????

    • Maria do Socorro, na minha opinião vc deve ter uma conversa séria com ele, explicando que dessa forma vc e as pessoas que estão a volta dele perderão a confiança nele; e não não há nada pior nesse mundo do uma pessoa ser mentirosa e ser desmascarada pelos outros.

  10. Tenho uma filha de 9 anos, ela vem mentindo muito, tudo é motivo de mentira, tudo q acontece na escola, nunca foi ela, a professora não gosta dela , o amigo culpo ela, a professora mentiu, quando os amigos reclamam comigo algo q ela fez, é sempre mentira,chora, passa mal, mas nega até o fim, chegou ao ponto de falar algo comigo e se por acaso depois de um tempo o assunto surgir novamente, ela nega na minha cara q falou, (exem. teve uma vez q ela estava doente não poderia comer determinadas coisa, foi passar um dia com a avó e disse pra ela q eu havia dado coisas pra ela q ela não deveria comer, chamei a atenção dela e ela falou na minha cara q eu havia dado pra ela, só muito tempo de pois assumiu q havia falado besteira, mas não mentiu, assumir a mentira em si, NUNCA!!!!!! Esta semana estive na escola chamada pela professora, ela me informou q quando minha filha não responde diretamente, ela fica respondendo, “Tá , vc vai ver depois então se não era verdade”, com um tão ameaçador!!!!! Ela já está na psicologa a 7 meses + ou -!! Nunca bati nela, só converso e boto de castigo, teve uma vez q ela me falou as berros, “pode me bater, pode me colocar de castigo, pode me matar, mas eu não vou parar de berrar!!!! SOCORROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
    Isso está fazendo mal pra toda minha família, estas pequenas mentiras causa muito constrangimento, fica um tal de leva e trás, mentiras, entre escola, casa, avós!!!! Me ajudem!!!!!

    • Mariana, imagino que situação vc está vivendo.
      Bem, é melhor começar por analisar as pessoas com as quais a sua filha convive diariamente e ver com quem ela poderia estar aprendendo ser assim, ou seja mentir deste jeito.
      Segundo passo é perceber se na familia há algum problema que a incomode como ciumes de irmaos ou algo parecido.
      Terceiro passo é ter uma conversa seria com ela, diga a ela pq ela faz isso?
      Quarto passo é mostrar a ela, que ela própria está se colocando numa posição feia e abominável diante das pessoas, professores, colegas e familiares. Mostre a ela que o mundo se afasta de pessoas como ela. ela já tem idade suficiente para compreender isso.
      Castigo não adianta, vc deve antes de tudo impor regras e limites para que ela dentro de casa se comporte e saiba que há alguém dentro de casa que tem as rédeas da situação.
      Comece por dar-lhe tarefas, limpar o quarto, arrumar o armario de roupas, varrer o chão, etc.
      Por fim, qdo ela mentir e se portar mal, tire dela o que ela mais gosta como computador, ver tv, ler revistas, ir a casa das amigas. Não precisa gritos, brigas, nada, apenas diga não e ponto final. Diga nós ja conversamos, e vc continua a mentir, enqto vc agir assim vai deixar de ter coisas que gosta até aprender que para se conviver em familia em sociedade é preciso seguir regras de conduta, e mentira ninguém aceita; até pq de tanto vc mentir, num dia em que vc falar a verdade em caso de necessidade, ninguém irá acreditar em vc. É a tal história
      do macaquinho que vivia gritando que a floresta estava pegando fogo e todos os bichos saiam correndo, no dia que a floresta pegou fogo e era verdade, morreram todos pq ninguém acreditou qdo o macaquinho gritou. 😉

  11. Bom dia;
    Preciso de uma orientação, meu filho tem 10 anos e esta contando umas mentiras e são prejudiciais. Outro dia me disse que não tinha aula, e tinha aula. Pegou um jogo de video game escondido do primo, e disse que não estava com ele, não são mentiras frequentes porém fico sem saber o que fazer, de que maneira devo agir. Tirei o video game e o computador, porém ele voltou a contar mentiras!!! È o caso de passar com psicologo?
    Obrigada;

    • Olá Juliana, antes de mais, a melhor coisa a fazer é ter uma conversa séria com ele e perguntar qual é o objetivo dele com isso? Mentindo ele pretende o que? Ocultar algo que ele realmente fez? Chamar a tua atenção?
      Pode ser que ele te diga o porque faz isso.
      Tb tente analisar o ambiente que ele vive seja na escola ou em casa, veja se tem algum amigo que tem o mesmo hábito, etc. Se de tudo vc não conseguir ter com ele uma conversa onde possa mostrar a ele que essas mentiras irão prejudica-lo mto hoje e no futuro, a melhor saída é leva-lo a um psicologo.

  12. ola tenho um filho de 7 anos que ultimamente anda mentido por qualquer coisa e ainda coloca a culpa na irmã de 3 anos.pergunto varias vezes pra ve se me fala a verdade e continua mentindo vejo ele fazendo e depois vou pergunta e ele mente ate jura so quando eu aperto ele fala averdade ja falei varias veses que mentir e feio que por pior que seja ou que ele fez me disser sempre a verdade .mais nada contiua do mesmo jeito o que faço

    • Lucimaria, o seu filho deve estar aprendendo isso com alguém, observe com quem ele convive, a criança tem tendência a copiar tudo que vê os outros fazerem. sugiro que vc procure um psicólogo que poderá te ajudar a identificar onde está o problema no dia a dia do seu filho.

  13. oi boa noite…porq favor to pasando em uma situcao meio dificil.mei filhoo tem 6 anos,foi pra casa de um amigo dormi,e quando veio pra casa tirou um brinquedo do bolso eu perguntei se o amigo tinha lhe dado ele disse q sim.mais fuqie meioo sismada,entao fui e botei presao e ele disse q o amigo nao deu nao,ele pegou escondidoo,e agora meu deusss oque eu faco?eu to pensando em fazer ele devolver e pedir desculpas pro menino na frente da mae od menino tambem..isso e certoo ?como devo agir?me ajude por favorrr isso e uma vergonha!

    • Karine, em primeiro lugar vc tem que conversar com ele e perguntar porque ele fez isso.
      Em segundo lugar o certo seria realmente vc fazer isso, fazer com que ele fosse até a casa do menino, entregasse o brinquedo, e pedisse desculpas por ter levado o brinquedo.
      Na minha opinião eu faria isso que vc sugeriu.
      Desta forma seu filho vai aprender que apesar da vergonha a honestidade e a verdade devem sempre prevalecer.

  14. tenho um neto de 11anos, ele e filho de pais separados , minha filha formou outra familia e tem um bebe de 1 ano e 5 meses , acontece que meu neto vem dormir na minha casa quase todo fim de semana e chega na casa dele falando um monte de coisas para o padrasto dele , diz que eu quero que a mae dele separa do padrasto , que eu nao gosto dele e que falo muito mal dele. eu fico chateada porque ele fala pra todo mundo por favor me ajudem , amo meu neto e nao sei porque ele fala assim, sera que temos que passa-lo em psicologa? obrigada

    • Luci, antes de mais observe se ele não ouviu algum comentário sobre este assunto e deturpou o que ouviu.
      Em segundo lugar, converse com ele e pergunte pq ele diz estas mentiras? Diga a ele que ele a está prejudicando desta forma.
      Diga a ele, que se ele deseja q a mae se separe do padastro, ele deve ter uma conversa seria com a mae dele e dizer o que sente.
      Em ultimo caso Luci, se a situação continuar assim, sugira a sua filha que o leve num psicólogo, e seria bom se tb vc ficasse alguns fins de semana longe dele. Nao só por este motivo, mas não é mto bom que ele fique todos os fins de semana longe da mae, irmao e padastro. Pense nisso. Talvez essa excessiva aproximação em, vcs faz com ele que te use para dizer o que quer e te coloque numa má situaçao perante toda a família. Além disso, mentir não é normal em nenhuma idade.

  15. eu tenho o mesmo porbrema na minha casa o meu filho ta bem menti muito para mim eu não sei o que faço para ele fala a verdade nós já falamo com ele e nada mudou ele fala para nós quer não vai mais fazer e não cumpre a sua palavra eu trabalha e não da para eu fica em casa.

  16. Oi Tenho uma filha de 7 anos ela inventou que eu tinha ganhado genias e que seu pai estava em são paulo que ela ajudava a cuidar das crianças isso tudo ela contou para sua profesora mas minha filha nunca fez isso fiquei asustada.Não sei oq fazer isso e grave ou não?Gostaria de uma ajuda

    • Ola Camila, que tal ter uma conversa séria com a sua filha e perguntar a ela pq mentiu? Esclareça a situação e diga à ela que mentir é muito feio, e que se ela continuar mentindo , o dia em que contr a verdade ninguem irá acreditr nela. Que tal usar a historia do macaco que vivia gritando que a selva esta pegando fogo?

  17. Indiquei uma diarista para minha irmã, que fica com as crianças na parte da manha, da almoço e leva para a escola pq trabalha fora (minha irmã), so que essa diarista nao quer mais trabalhar lá,pq a minha sobrinha de 10 anos, a humilha, dizendo que ela é a empregada e tem que arrumar toda a bagunça que ela fizer, diz ainda que como ela precisa do dinheiro, tem que trabalhar e arrumar tudo. Fiquei sabendo dessa historia por terceiros e acho que minha irmã deve saber, so nao sei como contar, pois nao posso envolver outras pessoas nesta historia e nem colocar minha irma contra a propria filha. Como ajudar a todos?
    obrigada

    • Olá Marta, nestas situações não há meio termo, seja sincera e fale exatamente como vc ficou sabendo, o que é certo, é certo. Sua irmã precisa saber para poder educar
      a filha dela, se é que ela já não sabe como a filha dela é. Mas acho q vc deve ser o mais sincera possível. Boa sorte.

  18. Eu tenho tres filhas,6,10,12 anos,nossa eu to passando por uma barra com minha filha de 12 anos,ela menti muito,pega minhas coisas sem pedir,sempre as escondidas,meu deus,eu converso tanto com elas ,sempre orientando,dando exemplos,e o meu medo e que futuramente,eu venha ter problemas com as menores ,porque estao vendo tudo isso,e elas comentam comigo que nao vao fazer isso comigo ,por que e muito feio mentir,elas falam sempre isso pra mim,eu sou mae solteira,faço tudo por elas,mais eu vou leva la a uma psicologa,ja que minhas conversas nao surtem efeitos nenhum.

  19. Tenho um filho de 10 anos e temo pelo futuro dele, porque é uma mentira aqui outra ali, converso com ele e explico que é errado e que ninguém vai confiar mais nele, nem mesmo eu.
    Agora as mentiras estão me prejudicando, pois sou separada há um ano e meu ex-marido liga de vez em quando para o meu filho, faz um interrogatório com o menino sobre a minha vida.
    Precisei ir no fórum para dar entrada na pensão alimenticia e só contei ao meu filho onde eu iria, pra mais ninguém. O meu ex-marido me ligou e disse que me viu no fórum com as crianças, (tenho 3 filhos com ele) e eu perguntei ao meu filho se ele contou para o pai dele e jura de pé junto que não contou.
    O que eu faço, pois isso me incomoda muito, não sou tão rígida com ele.
    Preciso de ajuda…

    • Edselma educar realmente não é fácil, isso pode estar acotnecendo em razão da sua separação, ele talvez por revolta ou outro motivo qq
      esteja reagindo assim, acho isso muito perigoso, até pq ele pode inventar realmente ‘mentiras’ graves e se seu ex-marido acreditar sua situação talvez se complique. Tente leva-lo a uma psicologa para ver se ele diz o pq disso, ou pergunte a ele se ele quer ir viver com o pai dele, e que se ele quer vc permite, mas que se ele quer continuar vivendo com vc tem que mudar radicalmente em suas atitudes.
      Uma vez tive uma mãe que atendi que tinha exatamente o mesmo problema que o seu, ela infelizmente não conseguiu manejar a situação, e o filho foi viver com o pai, já que a vida dela era um inferno diario, tudo por conta das mentiras e rebuliços que o menino causava.

  20. Boa Noite,

    Estou muito preocupada com meu filho pois ele tem 7 anos e mentiu..teve uma situação em que ele mentiu dizendo que a colega tinha posto uma borracha no estojo dele sendo que foi ele que na hora do sinal sem querer pegou a borracha que não era dele…fiquei muito brava com ele pois ele inicilmente mentiu para mim só falando a verdade quando eu disse que iria perguntar a colega como realmente tinha acontecido a situação…como devo agir sendo que foi a primeira vez que peguei ele nessa mentira mais grave

  21. Minha filha de 14 anos mente pra tudo, até quando a gente descobre que ela mentiu, conversa com ela, prova que é mentira, mas ela insisti em continuar mentindo. Acho que ela mente pra ela mesma se convencer de algo que não que não é verdade. Não sei como tratar essa situação.

    • Denise, sua filha já tem maturidade suficiente para eprceber que a mentira é algo errado. É preciso saber o ‘conteudo’ destas mentiras. Ela mente sobre o q? Dinheiro, aulas, notas, amigos, cigarro, gastos??Ja pensou em leva-la a um psicologo? Ha varios motivos para ela agir assim:

      1- Ela pode se sentir excessivamente controlada, por isso acha que já auto-suficiente p/ fazer as coisas pela cabeça dela, então mente. Depois qdo descoberta o orgulho nao a deixa admitir q mentiu e errou.

      2- Ela pode mentir para fugir de algo, como por exemplo namorar escondido, fumar escondido, etc.

      Como eu disse no inicio é preciso saber a origem das mentiras, qual o objetivo dela em mentir? O q ela se beneficia com isso? Entende? Penso q um psicologo pode ajuda-la.

  22. Acenira, como eu sempre digo tem que perceber pq ele está agindo assim? Varios fatores devem ser observados como por exemplo: Se ele nunca mentiu antes? Qual a finalidade das mentiras atuais? Quem são os amigos dele? Ele trabalha? Tente analisar e converse com ele para saber pq ele está agindo assim.

  23. Quando se diz no post:

    “Depois de você saber onde, e em que situação o seu filho mente, você precisa demonstrar e ensinar que aquilo é errado e mostrar as conseqüências que a mentira tem. Na maioria das vezes, as crianças mentem porque veem os adultos e até mesmo você mentindo ou fingindo.”

    Fala-se uma grande verdade. Muitos pais são péssimos exemplos para seus filhos e a sociedade em geral. Além de mentirem, alguns bebem, fumam, falam palavrões e agem de forma insana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here