Embora a lei  na Europa e em Portugal não evidêncie a necessidade de que crianças com menos de  4 anos sejam transportadas com a cadeirinha voltada para trás nos automóveis, a APSI (Associação para a Promoção de Segurança Infantil)  promove Centros de Verificação de Cadeirinhas desde 1995 e luta para que isso seja seguido rigorasamente.

Os especialistas em segurança rodoviária infantil da APSI deslocam-se a diversos pontos do País para verificar se as crianças são transportadas correctamente e esclarecer as dúvidas dos pais. O objectivo é verificar se usam o sistema de retenção (SRC) adequado à idade, tamanho e peso da criança e se está instalado correctamente no automóvel. Se não estiver, o sistema de retenção é retirado e instalado correctamente ou, se tal não for possível, são dadas orientações para a escolha e aquisição duma nova cadeirinha.

Mas o que muitos pais reclamam e com razão é que não encontram disponível no mercado cadeirinhas adequadas a idade, tamanho e peso dos seus filhos e que obviamente possam ficar voltadas para trás sem magor as perninhas da criança ou deixa-las esprimidas. No Brasil o problema é o mesmo agora a lei obriga a utilização das cadeirinhas, o problema é encontrar a cadeirinha adequada. Quem resolve isso?

Apesar dos pesares, é importante que os pais estejam informados acerca do assunto e para isso desenvolvi uma pesquisa aprofundada no site da APSI e deixo-vos abaixo links que merecem ser lidos:

Dados sobre Cadeirinhas voltadas para trás

Lei na Europa e em Portugal não exige a melhor protecção para crianças com menos de 4 anos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here