Pesadelos durante a noite são comuns em toda a nossa vida, para alguns com mais frequência do que para outros, mas e quando isso começa a fazer parte da rotina das crianças?

Sonhamos todas as noites e com as crianças (e bebés) isso também acontece. Nem sempre o sonho ruim é lembrando, o que acontece é que por vezes acordamos no meio e no final.

Ajudar as crianças com os pesadelos durante a noite é fundamental e pode auxiliar no crescimento saudável, sabendo que em qualquer problema os pais estarão ao seu lado.

Confira as dicas que preparamos no nosso artigo de hoje.

1 – É real para quem sonha

Por mais que seja ‘’apenas’’ um sonho, ele é real para quem acabou de sonhar e isso pode desencadear diversas reações psicológicas e até mesmo físicas.

Além disso, bebés até aos dois anos não compreendem a diferença entre o sonho e a realidade, por isso não conseguem entender que o pesadelo acabou.

O que a criança precisa nesse momento, principalmente os bebés que ainda não possuem tal diferenciação, é que você possa os proteger, fazendo com que eles se sintam seguros.

2 – Técnicas com desenho  

Quando as crianças são maiores os pesadelos durante a noite podem ser um assunto durante o dia.

O que a criança quer mostrar com tudo isso? Que foi tão impactante a ponto de ela ainda precisar falar sobre o assunto.

Por isso frases como “já passou”, “esquece isso” ou “não vai voltar a acontecer”, podem não adiantar.

Ao invés de tentar ignorar os sentimentos da criança quanto ao pesadelo, faça diferente, dê voz por meio de um desenho.

Crianças conseguem expressar-se melhor dessa forma, peça ao seu filho para desenhar o que sonhou e depois juntos vocês deitam foram.

Será simbólico e mais real do que você imagina para a criança ter a possibilidade de ‘’acabar’’ com o pesadelo dessa forma.

3 – Os pesadelos durante a noite podem esconder angústias

Os pesadelos durante a noite escondem angústias que podem ter relação com a fase que a criança está passando ou com acontecimentos recentes.

Por exemplo, se a criança soube da morte de alguém e entendeu o que isso significa, nos próximos dias pode sonhar com a perda dos pais.

Isso demonstra que a criança não soube lidar de forma adequada com a situação (o que é normal) e se materializou em formato de pesadelo.

Por isso ouvir qual foi esse pesadelo e conversar sobre ele com a criança pode ajudar.

Ser ouvido é importante, bem como, acolher as angústias que a criança expressa nessa fase.

Essa é a melhor maneira de fazer com que os pesadelos durante a noite diminuam.

Se a angústia aumentar, isso pode estar presente de forma recorrente nos sonhos.

4 – Um companheiro de sono

Depois de sonhos ruins deixar uma luz por perto até a criança adormecer por completo ou dar um companheiro de sono pode ser uma tática excelente até a angústia dessa fase passar.

E vocês, como têm lidado com os filhos e pesadelos durante a noite? Conte-nos a sua experiência.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments