O Livro 1808 do escritor e jornalista Laurentino Gomes, certamente irá prender a atenção de quem o ler, a ponto de querer ler todo o conteúdo num só dia. Escrito de uma forma leve e fácil de compreender, a obra tem sido indicada nas escolas como leitura ideal para os adolescentes conhecerem mais sobre a historia de Portugal e Brasil; portanto além de ser um livro de história também é sido considerado um livro infanto juvenil. Deixo-vos abaixo um pequeno trecho do livro:

….”Imagine que, num dia qualquer, os brasileiros acordassem com a notícia de que o presidente da República havia fugido para a Austrália, sob a proteção de aviões da Força Aérea dos Estados Unidos. Com ele, teriam partido, sem aviso prévio, todos os ministros, os integrantes dos tribunais superiores de Justiça, os deputados e senadores e alguns dos maiores líderes empresariais. E mais: a esta altura, tropas da Argentina já estariam marchando sobre Uberlândia, no Triângulo Mineiro, a caminho de Brasília. Abandonado pelo governo e todos os seus dirigentes, o Brasil estaria à mercê dos invasores, dispostos a saquear toda e qualquer propriedade que encontrassem pela frente e assumir o controle do país por tempo indeterminado. Provavelmente, a primeira sensação dos brasileiros diante de uma notícia tão inesperada seria de desamparo e traição. Depois, de medo e revolta. E foi assim que os portugueses reagiram na manhã de 29 de novembro de 1807, quando circulou a informação de que a rainha, o príncipe regente e toda a Corte estavam fugindo para o Brasil sob a proteção da Marinha Britânica. Nunca algo semelhante tinha acontecido na história de qualquer outro país europeu.”….

Fonte:Bravo Online

e Blog da Mulher

 

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antonio Rezende
Antonio Rezende
11 anos atrás

1808 – Um ano que não deveria ter existido… Para o Brasil, a América Latina e Portugal o ano de 1808 foi uma catástrofe. Sob a proteção da Marinha Britânica, uma corte corrupta e covarde fugiu de Portugal para garantir a integridade do território ultramarino português e as riquezas daqui extraídas e espoliadas pelos ingleses. Enganaram o povo português (não a Napoleão) e mudaram a História de Portugal e Brasil. A inexistência desta tragédia teria nos levado a uma Independência livre e soberana de origem e mérito dos que aqui já habitavam e conclamavam uma Pátria. Os fatos ocorridos neste… Read more »