O tema criação dos filhos sempre gera muita discussão, mais ainda quando o assunto são os limites que os pais são obrigados a impor nos filhos. Nem sempre essa relação, entre quem manda e quem obedece é fácil. Mas você como mãe precisa ser rígida, afinal está fazendo isso para o bem dele; nem que ele não entenda agora, mas mais tarde vai te agradecer.

A relação entre você e seu filho não é igual a que você tinha com a sua mãe. A relação está mais aberta e hoje os filhos podem opinar sobre as decisões dos pais e os pais podem ser companheiros dos filhos; sem fazer, o tempo todo papel de educador. O que o seu filho deve perceber que apesar dessa amizade entre vocês, há uma hierarquia na casa que precisa ser seguida; isto é seja amiga, mas também seja firme quando precisar.

É claro que no seu papel de educadora, impor limites é essencial para que ele cresça com responsabilidade. E limites nos horários e uma rotina ajudam a ele criar essa responsabilidade e saber que existe hora para tudo. Nada é proibido, mas sim dosado até que ele sozinho saiba o melhor caminho a seguir e esteja ciente das escolhas que ele fará.

É importante que você também ouça o seu filho e até mesmo negocie e mostre o porquê você está impondo horários para ele. Quando os filhos ainda são pequenos não sabem se guiar sozinhos, muito menos decidir o que é melhor para eles. Então esse papel passa a ser basicamente seu.
Ou seja, se você coloca horário para a comida, estudo, atividades físicas e até mesmo para dormir, é porque ele ainda não tem capacidade para decidir isso sozinho. Esses horários são planejados para que ele possa obter o melhor resultado e aproveitar melhor o dia e crescer conforme se deve.

Quando ele for mais velho e tiver noção de que tudo isso foi feito para o desenvolvimento dele, você pode até negociar uma ida para a cama mais tarde ou um dia de folga. Mas enquanto ele é jovem os horários são por sua conta. Imagine se ele não tivesse esses limites? Passaria o dia todo na frente do computador e da televisão.

É por isso mesmo que você tem que fiscalizar e deixar claro que se ele pode ficar 1 hora por dia no computador, é uma hora por dia e nada mais.
Ele pode até reclamar na hora, mas certamente vai te agradecer mais tarde quando perceber que não perdeu o dia todo em coisas inúteis aproveitou o que há de melhor na infância sem stress ou correria.

2 COMENTÁRIOS

  1. ola, adorei a postagem, claro que sim! filhos tem q ter limites e horario pra tudo, apesar q não é facil lidar com a turminha mais devemos colocar um freio em tudo para que mais tarde colhemos bons frutos do que plantamos, ” filhos”, grande abraço e parabens pelo trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here