Incentivar as crianças a ler é cada vez mais uma missão não só dos pais, mas também dos educadores, cuidadores e familiares. O artigo de hoje é um desafio para as crianças que estão a aprender a ler. Nele vão encontrar algumas dicas e sugestões para o incentivar e ajudar a tornar-se o “contador de histórias” da família com o objetivo de contribuir para que as crianças ganhem hábitos de leitura desde pequeninos.

Porquê ler?

A primeira coisa que os professores ensinam nas escolas é a alfabetização. No entanto, esta missão deve ter uma continuidade em casa. A leitura contribui para que as crianças ganhem não só autonomia mas também, uma maior facilidade na aquisição de outros conhecimentos. Neste sentido, o contacto com os livros deve ser feito o mais cedo possível, mesmo nos bebés que, apesar de não compreenderem as palavras ouvem a voz e, sendo a leitura feita de forma pausada eles vão adorar.

Em suma, tal como explicado no site do Plano Nacional de Leitura (LER+), a literacia precoce deverá ser incentivada, defendendo os especialistas “a leitura em voz alta e o contacto diário das crianças com livros adequados à sua idade a partir dos seis meses”.

O LER+ é um projeto do Governo com a finalidade de elevar os níveis de literacia dos portugueses, incluindo uma vertente vocacionada para as famílias.

Ler em conjunto é divertido, fortalece os laços entre as crianças e os adultos e torna as crianças mais calmas, autoconfiantes e decididas.

Como ler corretamente para as crianças?

Nem todos somos grandes contadores de histórias. Mas não desanimem, de seguida deixamos algumas dicas que vão ajudar a captar a atenção dos mais novos e o gosto pela leitura:

  • Mostre e descreva o livro. Apresente a capa
  • Desafie a criança a “adivinhar” a história ou a continuação do enredo a partir das ilustrações
  • Acompanhe a leitura das frases com o dedo
  • Deixe que seja a criança a virar a página
  • Torne a história viva. Dramatize cenas, faça vozes diferentes para cada personagem
  • Recorra à mímica, a fantoches, a máscaras ou a sombras
  • Reconstrua cenas do livro com imagens de jornais, revistas, bonecos
  • Faça versos e rimas sobre a história e introduza-as em músicas que a criança conhece
  • Coloque perguntas divertidas sobre as imagens, situações e história
  • Distribua papéis e leiam em conjunto, quando a criança já souber ler
  • Crie jogos de descoberta e adivinhas para suscitar a atenção
  • Incentive a criança a perguntar o significado de palavras que não conhece
  • Desafie a criança a comentar o livro, a contar a história ou partes da história, ou a ilustrá-la
  • Escolha o momento mais adequado para a leitura
  • Leia várias vezes a mesma história

Qual o melhor método para incentivar a leitura?

É muito importante que a criança goste do livro escolhido, só assim vai captar toda a sua atenção. Não menos importante é não só a escolha do local mas também o momento, que devem ser ambos tranquilos. Outro aspeto que deve ter em conta é tornar a leitura divertida, ser expressivo, ler claramente mas também tirar todas as dúvidas que vão surgindo.

Todavia, os especialistas defendem que a regra número um é não forçar a leitura: se a criança não estiver interessada no livro ou no momento escolhido deixe para outra altura.

O modo como lê para os seus filhos e a atitude da criança face aos livros evoluem e ajustam-se ao longo do tempo.

O Plano Nacional de Leitura, sintetiza assim os métodos a utilizar em diferentes faixas etárias:

– aos 6 meses a criança tem tendência a levar o livro para a boca

– aos 2 anos já consegue segurar o livro na posição de leitura e rapidamente consegue virar uma página de cada vez.

– quando chega ao 1º ciclo começa a conseguir decifrar o que está escritoicas

– posteriormente, aprende a ler fluentemente

Sugestões de atividades

Assim, e de forma a pôr em prática as nossas dicas para incentivar as crianças a ler, deixamos de seguida três sugestões:

1. Elaborar uma ficha de leitura

Crie uma ficha de leitura divertida para preencher quando acabar a leitura de um livro. Inspire-se nos modelos de ficha de leitura em família, disponíveis no site do Plano Nacional de Leitura.

2. Visitar bibliotecas

As bibliotecas escolares e municipais são consideradas espaços míticos para tomar contacto com muitos livros. Encoraje o seu filho não só a visitar mas também a requisitar livros na biblioteca da escola. 

3. Ouvir histórias

Para incentivar o gosto pelos livros, porque não fazé-lo de forma diferente, através de escutar um livro pela voz dos próprios autores. 
Está é uma das atividades recomendadas pelo Plano Nacional de Leitura, na sua área de recursos “livros para escuta”.

Em suma:

Um livro é um brinquedo feito com letras. Ler é brincar. – Rubem Alves

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments