‘Meu filho não dorme na sua cama’, frase famosa essa não? 🙂 Pois bem, ouvimos muitos pais reclamarem que seus filhos não aceitam dormirem sozinhos em seus quartos, e insistem exaustivamente em permanecer a noite toda na cama da mamã e do papá. E agora? Já pensou no que fazer sobre isso?

Ponto principal, qualquer criança seja ela de que idade for, tem de conhecer limites, e regras. Permissividade excessiva prejudica. Li hoje um artigo extremamente interessante e que lhe pode dar boas dicas.

Acesse o site e leia este artigo : Sapo Bebé

9 COMENTÁRIOS

  1. Tem dois meninos um de 12 anos e um de 8… ambos sempre dormiram em sozinhos no quarto,de uns seis meses pra cá o meu filho de 8 anos nao quer dormir de jeito nehum no quarto,quer dormir no meu…ja coloquei de castigo,durante o dia ele diz vou dormir no meu quarto,mas quando chega a noite começa o tormento,nao sei mas o q faço

    • Olá Michele, antes de mais é importante conversar com ele e tentar entender porque ele está agindo assim.
      Há mtos motivos:
      1- Ele pode estar inseguro com algo;
      2- Pode estar tendo pesadelos;
      3- Pode estar com medo de algo;
      4- Pode estar com ciúmes de vc;

      Castigo não vai adiantar. Deve haver um motivo p/ ele ter mudado repentinamente! Converse com o seu filho de 12 anos e pergunte se ele sabe pq o irmão está assim, e se aconteceu algo que ele possa ter observado.

  2. Boa noite:
    Meu filho de 14 anos não quer dormir no quarto dele e sim na sala, proibi ele de dormir na sala, e sim no quarto dele, ele não dorme mais a noite, dorme dia e de noite fica acordado na internet, isso está me deixando irritada, não sei o que fazer. Como devo agir??

    • Olá VEra, em primeiro lugar vc tem que sber pq ele não quer mais dormir no quarto dele.
      Depois impor limites, regras e horários dentro de casa. Para tudo há um horário, e todos os membros da família devem seguir as regras da casa, senão vira uma bagunça. Imagina se cada um fique o que quiser, como fica?

  3. Ola Patricia e Paula

    Tenho um filho de 3 anos que sempre dormiu na sua caminha e no seu próprio quarto. Quando digo sempre é sempre mesmo, pois quando ele nasceu até o terceiro mês ele dormia no carrinho ao lado da minha cama, mas nunca na cama. Depois do terceiro mês ele já dormia no berço no seu quartinho. Mudou para a cama própria com 1 ano e 8 meses e só dorme com a luz apagada. Estou contando esse ritual todo a vocês não é para me gabar não, é para dizer que a criança tem que se acostumar com tudo na vida desde bem pequena, pois quando grande você terá que ter ouvido, paciência e persistência para mudar qualquer rotina indesejada. Se vocês quiserem mesmo que seus filhos durmam em suas próprias camas tem que agüentar choros e birras se preciso for durante dias, pois só a persistência a firmeza do seu querer vai mudar seu filho. Quando eu decido algo com meu filho eu decido de verdade eles precisam ter essa segurança dos pais para poderem entender que na casa há uma hierarquia que terá que ser obedecida.
    Par ser uma boa mãe infelizmente teremos que ser muitas vezes uma mãe má na visão dos nossos filhos, mesmo que eles só descubram que somos as melhores mães quando grande. Mas ai já será outra historia.

    Beijos Luciana

    • Vi a sua preocupação e gostaria de te passar uma luz. Meu filho de um ano e sete meses, dormia na minha cama e qdo o colocava no berço às vezes ele acordava na hora ou passava a noite inteira acordando, até eu colocá-lo de volta na minha cama. Enfim estava bem complicado, pq meu marido já estava perdendo a paciência e acha q eu dava muita corda para a situação. Então um dia resolvi colocar meu filho do berço ligar a televisão do quarto e deitar na cama ao lado, explique q ali seria o lugar para ele dormir e q eu estaria dormindo do lado dele. Foi exatamente quatro dias dormindo a noite inteira e depois mais dois dias dormindo um terço das noites. Hj qdo ele acorda chorando, falo para ele q estava no banheiro e deito na cama até ele pegar no sono. (Hj ele tem 2 anos e um mês)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here