A fábula “O cisne que não comia” foi escrita para orientar as crianças e pré-adolescentes sobre o crescimento em torno da anorexia infantil. A psicóloga Cristiane Costa Cruz lançou pela editora Lazuli, o livro infantojuvenil que retrata de maneira lúdica um tema muito sério e crescente que é a anorexia infantil. A fábula “O cisne que não comia” conta a história da garça Ana que deixa de comer para ficar semelhante aos cisnes.

o-cisne-que-nao-comia-anorexia-infantil

Ana é o nome utilizado nas redes sociais para se referir às jovens anoréxicas. O livro é cuidadosamente ilustrado com tons lúdicos que estimulam a imaginação de crianças, jovens e até adultos. A garça fica doente e recebe conselhos de uma amiga chamada Gisa que diz que tanto os cisnes quanto as garças são belos, mas cada um do seu modo.

Inspirada nos crescentes índices de anorexia entre jovens e até crianças a psicóloga escreveu está fábula para orientar em relação as diferenças existentes em cada pessoa e o quanto todos nós somos influenciados por aparências – principalmente os jovens e adolescentes.

Cabe aos pais também adentrarem no dia a dia dos seus filhos e conversarem desde cedo sobre as diferenças entre todas as pessoas, incluindo não só o aspecto físico, mas cultural e social. Exaltando sempre que independente de tudo cada um possui sua graça e beleza, como aconselhou Gisa, a amiga de Ana.

Especialistas alertam que a anorexia nervosa leva as jovens a se enxergarem gordas, por mais que estejam esqueléticas. A anorexia é decorrente de desnutrição aguda e pode também afetar crianças e atrapalhar fortemente no crescimento e desenvolvimento físico.

A anorexia também pode atingir os meninos, porém existem poucos casos quando comparados com o sexo feminino. Especialistas salientam que os pais têm grande responsabilidade sobre esta doença psicológica que muitas vezes acontece por falta de orientação adequada.

Quando incentivamos as filhas desde pequena a seguir um padrão de beleza, ou seja, maquiagens excessivas, salto alto, cabelos alisados e outros artifícios de beleza, estamos automaticamente influenciando desde cedo de que um padrão deve ser seguido. Embora também exista a influência das mídias, os pais ainda são uma espécie de alicerce e podem frear e dosar a interferência dos meios de comunicação na vida pessoal dos filhos.

O livro o cisne que não comia é uma leitura extremamente educativa para crianças e jovens de várias idades. Vale a pena reservar uma horinha do dia e convidar a criança para ouvir uma história. É bacana também dar o livro de presente e incentivar uma leitura educativa e encantadora. As ilustrações são delicadas, criativas e fascinantes em torno de uma lição de vida para crianças de todas as idades.

O cisne que não comia
Autora: Cristiane Costa Cruz
Editora: Lazuli
Ilustrações: Paulo Sayueg
Preço R$ 23,90

Fonte: Onlinefarma

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here