Muitos visitantes do Portalis nos tem pedido informações para pesquisas escolares sobre animais, insetos, esportes, por isso hoje vamos falar sobre o reino das borboletas. As borboletas são insetos classificados na ordem dos Lepidópteras e nas super-famílias Hesperioidea e Papilionoidea. As borboletas possuem dois pares de asas que são na verdade membranas cobertas por escamas. Elas são diferentes das traças ou mariposas já que possuem antenas que terminam em uma bola.

As borboletas são animais de hábitos diurnos e tem como característica principal o facto de sofrerem metamorfose. As borboletas descansam com as asas voltadas para cima; seu abdômen é fino e alongado. Elas possuem um papel fundamental na natureza, já que são as responsáveis pela polinização de várias espécies diferentes de plantas.

Ciclo de vida das borboletas

O ciclo de vida de uma borboleta engloba as seguintes etapas:

– Ovo que é a fase chamada de pré-larval;

– Larva, mais conhecida como lagarta ou taturana;

– Pupa que é quando a lagarta vira um casulo para que a borboleta possa começar a se desenvolver;

– Imago, quando a borboleta sofreu toda a metamorfose e finalmente chegou ao seu estágio adulto.

o-reino-das-borboletas1

As asas das borboletas são compostas por escamas coloridas, que formam desenhos de rara beleza e contemplação. As cores são variadas, podendo ser fortes, suaves, metálicas ou até mesmo formadas por diferentes pigmentos ou texturas. Cada país ou região tem também espécies especificas de borboletas com variações na cor, tamanho e familia.

As borboletas, assim como os demais insetos possuem um exoesqueleto, ou seja, o esqueleto é fora do seu corpo. Isso faz com que o animal esteja protegido, além de não perder água e não sofrer com as variações de temperaturas e pressões do ambiente em que vive. É nas regiões tidas como tropicais que se encontram o maior número de borboletas, já que elas se alimentam do néctar das flores e assim ajudam na polinização. O clima quente e húmido ajuda na obtenção de uma grande variedade de flores, o que atraia os mais diversos tipos de borboletas.

As borboletas não tem um tamanho definido, podendo ser minúsculas com cerca de 3 milímetros de tamanho ou até mesmo maiores, com cerca de 30 centímetros de comprimento. Essa medida é obtida medindo-se de uma ponta da asa a outra. Então pode-se dizer que na verdade, 90% do tamanho de uma borboleta na verdade são suas asas.

Como saber quando é uma mariposa e quando é uma borboleta?

Tecnicamente falando, não existem quase diferenças entre uma mariposa e uma borboleta. A diferenciação entre ambas se dá pelo fato da observação das estruturas corporais e dos hábitos de vida. Tanto mariposas, quanto borboletas são da ordem dos lepidópteros.

borboletas-300x229

Diferenças entre borboletas e mariposas:

– As borboletas apresentam antenas mais longas e com a aparência mais lisa e as extremidades arredondadas; já as mariposas têm antenas bem curtas, mais grossas e de aparência peluda;

– As borboletas têm o corpo mais delgado, enquanto as mariposas são mais atarracadas;

– As borboletas descansam com as asas para cima, juntas enquanto as mariposas descansam com as asas coladas ao longo do corpo;

– As borboletas apresentam asas coloridas enquanto as mariposas possuem asas de cores uniformes;

– As borboletas são insetos diurnos, enquanto as mariposas têm hábitos mais noturnos;

– Borboletas voam em uma velocidade de até 20 km/h, enquanto as mariposas atingem quase que 60 km/h.

Borboletas – Foto de José Reynaldo da Fonseca – Wikipédia

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here