Não existe família que não tenha nenhum conflito. Então não se desespere se algo perturbar a alegria e a calma do seu lar. Um dos conflitos que você pode enfrentar no seu lar é a rivalidade entre os irmãos. Essa rivalidade é inevitável e  normal,  acredite que ela é até mesmo muito saudável. Os irmãos compartilham todos os sentimentos, das alegrias até as tristezas e a rivalidade. Então, nada de se sentir culpada ou responsável por essa rivalidade. O que você precisa fazer é buscar alternativas para minimizar.

Uma das coisas que você pode fazer é evitar as péssimas comparações entre os filhos e não diga que você os trata da mesma forma, já que um filho é diferente do outro e cada um merece uma atenção especial. Você tem que respeitar o jeito e as limitações de cada um dos seus filhos e nunca fazer com que um seja igual ao outro. Isso só vai aumentar a rivalidade entre eles, e essa rivalidade não será mais sadia.

Outro ponto é que você nunca deve sobrecarregar um filho com as dificuldades do outros. Eles precisam sim se ajudar, mas isso não quer dizer que ele tem a obrigação de ajudar sempre o irmão; isso tem que ser espontâneo.

Se você tem um filho que por ventura tenha um problema de saúde, o seu outro filho não tem nenhuma culpa disso e não deve ser sobrecarregado porque o irmão tem dificuldades.

Se essa disputa e rivalidade for saudável e não for provocada por você, não interfira, já que você nunca saberá qual dos dois tem razão, muito menos vai conseguir se meter na briga sem tomar partido de nenhum dos dois. Se você tomar partido, só vai piorar as coisas, já que um dos filhos vai ser preterido ao outro e a rivalidade vai aumentar.

Por isso, a melhor coisa que você tem a fazer é ficar de lado, ouvir as duas partes e deixar que eles resolvam a questão entre eles. Assim você também ensina que é possível eles conviverem sem brigas e cada um respeitando a diferença e o espaço do outro.

E esse ensinamento de deixar com que eles resolvam as diferenças deles, é um aprendizado para todas as outras questões da vida. Eles vão precisar saber como lidar com a individualidade do outro e os sentimentos que estão dentro de um grupo.

Essa rivalidade vai acabar com o tempo e eles vão perceber que precisam um do outro e a amizade deles irá se fortalecer e as rixas de infância e a disputa pela sua atenção irão se amenizar. Por isso mesmo, nada de desespero e deixe que eles resolvam entre eles essa questão.

Veja o vídeo abaixo que elucida muito bem como os pais devem agir num momento de conflito entre irmãos:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here