A morte súbita do lactente tem sido muito comentada nos últimos dias devido a uma Campanha de Conscientização para Mães, iniciada pela Pastoral da Criança no Brasil, onde além de cartazes elucidativos existe a campanha publicitária que tem sido veiculada na televisão onde artistas famosos dizem qual a posição correcta para o bebé dormir.

Bebé recém-nascido em casa é sinônimo de trabalho e cuidados constantes. Mas apesar de toda a atenção dedicada a esta pequena vida, pode acontecer de o bebé vir a falecer. Infelizmente é muito comum mães deixarem o bebé dormindo e ao tentar acordá-los perceber que ele faleceu durante o sono. Neste caso o bebé pode ter sido acometido pela Síndrome da Morte Súbita do Recém-nascido, conhecida também por Morte Súbita Infantil, Morte no Berço ou Morte Súbita do Lactente

A síndrome da morte súbita do lactente ainda não tem causas definidas e geralmente é descrita quando os médicos legistas não encontram nenhum outro fator que poderia ter causado a morte do bebé. Geralmente a síndrome atinge bebés na faixa dos dois aos quatro meses de vida. Os episódios acontecem no período em que você e o bebé estão dormindo, ou seja, entre meia-noite e oito horas da manhã.

Um bebé que teve a síndrome da morte súbita do lactente geralmente apresentou alguns factores de risco como: baixo peso ao nascer; idade da mãe entre 13 e 19 anos; gestante tabagista ou usuária de drogas, alimentação noturna com mamadeira e histórico familiar, ou seja, se alguém da família perdeu algum bebê por conta da síndrome da morte súbita do lactente, as chances do seu bebê sofrer do mesmo mal são maiores.

A posição de o bebé dormir é a primeira causa que provoca a síndrome. Nunca se deve colocar um bebé para dormir de barriga para baixo. Sempre o coloque de lado ou de barriga para cima, já que assim as chances dele engasgar com o vômito ou sufocar por conta de uma apnéia são muito menores.

Há portanto como prevenir que o bebé sofra da síndrome da morte súbita do lactente, basta a mãe posicionar corretamente o bebé na hora de dormir; o mais indicado é colocá-lo de barriga para cima e não cobrir a cabeça dele; pregue o lençol e o cobertor no pé da cama para que ele não se afogue sozinho, tenha falta de ar ou até mesmo fique quente demais, deixe que ele fique com os bracinhos soltos.

Cuidado com a alimentação noturna e evite a mamadeira, e não se esqueça o bebé tem que arrotar. Não fume, nem use drogas na gestação e cuidado especial nas roupas do bebé que devem ser adequadas para que ele nem fique muito quente, nem passe frio. Evite habituar seu bebé a dormir agarrado a uma fralda de pano ou outro pano qualquer, num movimento súbito ele pode levar o ‘pano’ ao rosto e sufocar-se com o mesmo.

E sabe aquele hábito de colocar a criança para dormir na mesma cama que você e seu marido? Esqueça. O bebé pode ser sufocado ou esmagado durante a noite e ainda ficar com a temperatura muito elevada devido ao calor do seu corpo e do seu marido. O travesseiro também não pode ser muito fofo, o ideal é um resistente para que ele não prenda a cabeça e se afogue no travesseiro.

Seguindo essas dicas, o seu bebé fica praticamente livre de ter a síndrome da morte súbita do lactente. Um alívio para você que pode dormir tranqüila enquanto o bebé descansa sem perigos. Principalmente o perigo de você encontrar o bebé sem vida no berço. Fique alerta.

dormir-de-barriga-cima
Posição Correcta pra o Bebé Dormir

Dicas da Pastoral da Criança do Brasil:

– Coloque o seu bebé para dormir de barriga para cima.

– Amamente: até o 6º mês dê somente leite materno.

– Não fume e nem deixe que fumem dentro da sua casa, principalmente durante a gestação e na presença de crianças pequenas.

– Não agasalhe demais o bebé.

– Deixe fora do berço travesseiros, brinquedos, almofadas e outros objetos fofos.

Saiba mais no site: Pastoral da Criança do Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here